Últimos assuntos
» Sootopolis City
Seg Dez 22, 2014 3:33 pm por 'Kєииy

» Mossdeep City
Seg Dez 22, 2014 3:28 pm por 'Kєииy

» Fortree City
Seg Dez 22, 2014 3:18 pm por 'Kєииy

» Petalburg City
Seg Dez 22, 2014 3:15 pm por 'Kєииy

» Lavaridge Town
Seg Dez 22, 2014 3:10 pm por 'Kєииy

» Dewford Town
Seg Dez 22, 2014 3:05 pm por 'Kєииy

» Rustboro City
Seg Dez 22, 2014 2:57 pm por 'Kєииy

» Mauville City
Seg Dez 22, 2014 2:50 pm por 'Kєииy

» Littleroot Town
Seg Dez 22, 2014 2:43 pm por 'Kєииy

Nosso Banner
Olá Convidado, deseja fazer parceria com esse fórum, crie um tópico em parcerias e add nosso banner.

-Capitulo's-

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

-Capitulo's-

Mensagem por Kujo Minamoto em Dom Maio 26, 2013 1:07 pm

Capitulo 1: O inicio para perfeição.


Estava saindo de meu apartamento, ando pelo corredor ate descer as escadas, no final da mesma saindo no saguão do prédio, aviam algumas pessoas entrando, eu apenas olhava e seguia rumo, ao sair do prédio avia um carro cinza com os vidros de traz abaixados e no mesmo uma garota de pele clara, cabelos dourados e lisos, com uma jaqueta vermelho vinho ,a tal garota olhava para mim, seus olhos eram verdes mas bem claros.
-Matt – disse agora com um pequeno sorriso no rosto
- O que esta fazendo aqui ?- perguntei
- Como o que esta fazendo aqui ? eu vim te buscar- respondeu a mesma com ama voz firme –anda logo e entra-
-Ok-
Entrava no carro, que logo dava partida, via que a garota estava com uma causa preta bem apertada e uma camiseta rosa com alguns desenhos bem apertada por baixo da camiseta, suas roupas eram de marcas bem caras, sabia disso porque nunca tinha ouvido falar nas ascas que tinha nas mesmas, eu me sentia um pobretão perto dela com aquelas roupas caras, mas realmente eu era um pobretão, não sabia o que estava fazendo naquele carro, que tinha um aparelho de DVD e três TV’s embutidas no mesmo, além de varias outras coisas, eu estava realmente em um mundo de pessoas ricas que podiam jogar dinheiro fora sem se preocupar, isso seria bom, se eu pelo menos pudesse fazer o mesmo.
- Aonde você comprou suas roupas?- perguntou a garota –em um brechó !- afirmou logo após
- Carolyn, não- digo com um olhar serio para a mesma, eu estava com uma jaqueta preta, uma camiseta branca por baixo, um tênis branco e uma causa jeans preta e uma correntinha pendurada no pescoço
-Esta bem, mas realmente parece que você comprou em um brechó- disse a mesma com um sorriso no canto dos lábios.
-Não foi em um brechó, mas eu também não tenho dinheiro pra ficar gatando cm roupas caras- disse virando meu rosto para a esquerda, olhando a rua pelo vidro do carro.
- Você trabalha meio período em um restaurante, seu salario não deve ser tão ruim- disse a garota.
- Realmente não e tão ruim, mas o dinheiro que minha mãe me manda os da pra pagar o aluguel do apartamento, e o que recebo fica em conta de comida e pagar as contas, o que sobra fica para as roupas- Respondi
- E pelo visto deve sobre nem um dólar direito pras roupas- disse a mesma com um tom de sarcasmo na voz e um leve sorrisinho nos lábios.
-Vai ficar me criticando o dia todo ?- perguntei um polco nervoso
-Não, porque agente já chego no colégio- respondeu a mesma
Olho para o lado e via um grande grupo de prédios a beira mar, os mesmo eram cercado por um muro todo pintado de azul escuro e com vários desenhos de um falcão que era o emblema da escola, os prédios eram numerosos e grandes, alguns deles eram maiores do que o prédio onde eu vivia, que por si tinha vinte andares.
-Qual desse prédios e o do colégio ?- pergunto a Carolyn
-Matt- disse a mesma com simplicidade – São todos esses prédios –
Olho para a mesma assustado então pergunto – como assim todos? –
-Simplesmente todos.. depois eu te explico melhor, mas agora mas agora vamos entrar- após dizer tai palavras, a garota pega em meu braço e me puxa para dentro do colégio, o lado de dentro era totalmente diferente do que se esperava, aviam um campo com um gramado baixo logo na entrada, varias mesas espalhadas pelo mesmo, varias pessoas por toda parte, e como se esperava, todos com roupas de marca que eu sequer sabia que existia, eu me sentia um peixe fora da água vendo todas aquelas pessoas bem vestidas e eu como um qualquer comparado a eles, Carolyn continuava a me puxar pelo braço, mas desta vez estávamos indo em direção de um garoto que pro sinal era o mais bem vestido das pessoas ali presentes, e também mais alto, nem estávamos perto do mesmo e eu me sentia um anão com 1.78 de altura, perto daquele poste rico que devia ter 1.87, o mesmo tinha cabelos espetados e negros, seus olhos era um castanho incomum, sua pele e branca e seu físico era o de um atleta.

-----------------------------------------------

Estava escorado na parede, apenas observando o movimento do colégio enquanto as aulas não começavam, olhava de um lado para o outro e estava tudo calmo anão ser por uma coisa, uma garota de cabelos dourados, pele clara com verdes claros se aproximando de mim, era apenas Carolyne, mas ela estava puxando com sim, um garoto mais baixo do que eu, sua pele era morena mas em um tom mais claro que o normal, cabelos pretos e lisos, seu físico não era nada atlético e olhos eram negros.. ao chegar perto de mim a garota me cumprimentava com um rápido Celinho, e o garoto colocava as mãos no bolso com um sinal de timidez.
-Oi Thomás- disse Carolyn com um sorrisinho no rosto.
-Oi carolyne- respondi – Oi pra você também, desconhecido-
-Oi- disse Matt
-Ou, esse aqui e o Matt,- disse Carolyn –Ele e o garoto de intercambio que consegui vaga aqui no colégio- disse a mesma
-Acho melhor ele ir ate a direção pra saber em que turma vai ficar, enate que o sinal toque- Respondi
- Matt, vai lá, agente se ve na saída- disse Carolyn
-E onde fica a direção ?- perguntou Matt
-Fica depois dos três primeiros prédios, virando a esquerda- Respondo
O garoto achava um polco estranho isso mas seguia minha instruções saindo do local, Carolyn se aproximava seu corpo ao meu, colocando suas mão em meu peitoral, fazia um olhar sexy para mim mordiscando os lábios, me inclinou um polco com sua mão aproximando seus lábios de meu ouvido direito então sussurrou –Você não quer brincar um polco antes das aulas começarem não? – eu dava um pequeno sorriso então dizia –o que aconteceu nas férias, já passou, agora eu estou em outra- disse isso olhando para o lado, lá uma garota de pele morena e cabelos lisos, me mandavas um beijinho e eu retribuía sem que Carolyn percebesse. –Haa, vamos lá Thomás- disse a mesa já com um ar de desanimo.
-Lamento por você mas não- digo me inclinando para cima novamente, a garota se afastava um polco e fechava a cara. Um garoto se aproximava de no, o mesmo era bem mais baixo que eu, era da altura de Carolyn, cabelos brancos, olhos azuis relampejantes, moletom azul com uma camisa branca por baixo, uma causa jeans azul surrada, e um anel com um emblema de água embutido.
- Oi Thomás , oi Carolyn- disse o garoto
-Olá- respondi
-Oi Hades- respondeu carolyn
-Aonde esta a Alex ?- perguntou o garoto
- Ela disse que não viria hoje- respondeu carolyne – Disse que tinha uma cessão de fotos pra fazer ou algo do tipo- completou a mesma
- outra cessão de fotos ?- perguntei surpreso
- Sim, desde que a família dela comprou uma das maiores grifes do pais, ela esta sendo chamada para sessões de fotos sem para- Respondeu Carolyne.
-Vamos entrando, a primeira aula vai começar em 5 minutos- disse Hades
-Você não tem jeito, e um ned mesmo- respondi com um leve sorriso no rosto
- nerd não, prodígio, não e todo dia que um garoto de 13 anos entra pro 2ª ano- disse hades começando a andar em direção a um dos prédios, eu e Carolyn seguíamos o mesmo, pelos corredores conversando, então um grupo de garotos com jaquetas vermelhas, e pretas viam em nossa direção, Carolyn ficava apreensiva, e hades ao ver aquilo soltava uma pequena risada, dentre os mesmo um garoto com cabelos loiros, um polco curto, pele bem clara , aparecia, se tratava apenas de Ted, o retardado líder da “guangue” da escola, ele era temido principalmente pelos novatos, eu não me importava com ele , hades também não mas Carolyn
Não gostava muito daquele grupinho por já ter visto eles quebrarem o braço de um garoto no meio da rua, e assaltar uma velhinha que passava por lá.
Os mesmos seguiam direto, passavam ao lado de nos despreocupados e nos também não demos bola, alguns segundos depois, barulhos de algo batendo nos armários surgiam, eu olhava para traz e via algo que jamais viria em minha vida.. um novato que conseguisse bater no grupinho de “demônios” da escola, por um segundo achei que seria Matt, mas estava enganado, este eu nunca avia o visto, mas ao olhas a forma como lutava, me reanimava a voltar ao tempos de lutas.


Foco Força é Fé


avatar
Kujo Minamoto
Administrador
Administrador

Mensagens : 556
Data de inscrição : 07/07/2012

TreineCard
Mochila Mochila:
Cash Cash: $ 510

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: -Capitulo's-

Mensagem por Kujo Minamoto em Qui Maio 30, 2013 2:46 pm

Capitulo 1: O inicio para perfeição, Parte 2: Amizades
Estava sendo levado a sela da diretora junto a Ted por dois macacos de terno preto e a própria diretora, Ted me lançava um olhar de “eu vou te matar vagabundo” a todo tempo durante o caminho a te a sala, eu o ignorava mas em mente eu estava arrancando seus dentes.. perto da salada mesma, avia um garoto passando pelo corredor de cabeça baixa lendo um papel, provavelmente era um novato lendo o numero de sua classe e em que local ficava mas eu não dava muita importância, apenas me concentrava em arrumar um jeito de fazer com que a diretora não anunciasse meu pais o pequeno probleminha no primeiro dia de aula.{..} Quando dava pro mim já estava na sala da diretora sentado em uma cadeira azul escura de frente para a mesma, que estava educadamente repreendendo Ted, que estava sentado a meu lado.
-Em que você estava pensando em ?- disse a mesma – nem começou a primeira aula e eu já tenho que aturar sua gracinhas- completou
-Mas a culpa não foi minha- respondeu
-A bom.. então a culpa foi de quem ?- disse dando uma pequena pausa – A culpa foi sim sua porque no ano passado foi a mesma coisa, apenas com a diferença de que desta vez quem apanhou foi você !!- disse e um tom de voz mais alto.
Eu estava segurando o riso, a cara que Ted fazia era elaria-mente mas feia que o normal, acabai deixando um sorriso escapar no canto de minha boca.
-E você esta rindo de que ?- Disse a diretora no mesmo instante.
- Eu ?- pergunto
-Não, a parede.. e claro que e você- disse com uma voz irritada.
-Bom..- quando ia completar a frese com uma desculpa qualquer, a diretora me interrompia quase que gritando- Bom, você acha isso bom ?-.Olho para mesma sem nenhuma resposta.- Você deixa o olho de um aluno roxo, e sabe se la como esta o resto dele no seu primeiro dia de aula no colégio, antes mesmo da primeira aula começar, a inda acha isso bom? Pois bem, irei te fazer um favor..- Desvio o olhar da mesma já com um mal pressentimento deste favorzinho que ela iria fazer.
-Você vai ficar sem ver as 3 ultimas aulas, terá que fazer uma redação de 2 paginas de como não espancar um aluno no colégio e seus pais serão chamados aqui para discutirmos uma maneira de controlar essa sua mania de “espancar alunos, em seu primeiro dia de aula”.
-Mas..- tento fazer uma reclamação mas a mesma me interrompia novamente- Sem mas, menos e nem meio termo, já esta decidido.. e você Ted terá o mesmo castigo mas sua suspenção cera de uma semana a partir de amanhã, tendo de fazer uma redação de 5 paginas com o mesmo assunto do seu amiguinho aqui.. Agora voltem para sala, em silencio e se eu souber de qualquer confusão envolvendo um dos dois de novo, eu irei tomar medidas menos amigáveis.
- OK- afirmamos ao mesmo tempo que eu me levanto e saio da sala indo em direção ao prédio da classe, Ted saia alguns minutos depois tomando seu rumo.

-----------------------------------------

Estava na segunda aula do dia, que era Sociologia, a única meteria que não me interessava mas ainda sim tirava a nota máxima da mesma, claro eu tinha que manter o posto de prodígio.. Thomás estava suas cantadas para uma garota no fundo da sala sem que a professora percebesse, Carolyn sentada atrás de mim, se mordia de raiva ao ver aquilo eu estava tentando prestar atenção na aula mas Carolyn me perturbava a todo tempo sussurrando o quanto estava com ódio daquela garota por estar dando mole para Thomás, que supostamente ele dizia que era seu namorado, coisa que todos sabiam que eram mentira, ate porque Thomás e do tipo que usa a garota joga fora e deixa um gostinho de “quero mais” nas meninas, em alguns momentos eu ria daquilo.. a meu lado estava “Ken Gust”, um dos nossos amigos, com uma :Estatura média de 1,75, cabelos negros e caídos. Olhos castanhos claros, usa casualmente calças jeans cinza e uma camisa branca com detalhes vermelhos., e uma jaqueta branca por cima na ocasião..
-Hades.. depois consegue um tempo aços para mim com o Thomás !!- Disse Carolyn
-Você sabe que ele não que nada com você- respondi
- Ele quer sim.. só não quer admitir- disse com um ar de superioridade
- Isso todo e por causa do verão passado ?- Perguntou Ken
-Deve ser- disse com um tom de certeza na voz
-Carolyn, esqueça isso de querer o Thomás como namorado- disse Ken querendo aconselha-la
-Vocês dois não enxergam o nosso amor – Disse irritada
- E nem ele enxerga esse, TAL AMOR que você diz que os dois tem- Eu disse
-Nem ele nem ninguém enxerga esse amor.. talvez seja porque ele nunca tenha existido- Disse Ken com um tom de sarcasmo na voz
-Calem a boca vocês dois- disse Carolyn nervosa. O sinal toca anunciando o termino da segunda aula. A professora se despedia da classe e se retirava, enquanto o professor seguinte não chegava, a mesma garota que estava flertando com Thomás se levanta então anuncia para classe.
-Galera, estou convidando todos aqui presentes para a festa que vou dar esse sábado, na minha mansão, estão todos convidado sem exceções, ate você Crolyn.. eu sei que você não gosta muito de mim mas você também esta convidada -.Crolyn ficava um polco irritada sem motivo algum, mas a o que a mesma queria era ir a festa para afogar segundo ela, aquela patricinha na piscina.. mas a patricinha era filha do diretor do FBI e sua mãe dizem que era uma assassina nata, então mata-la não seria fácil.
-E claro que eu vou a sua festa Amanda- disse Crolyn quase matando-a com com seu ódio em um olhar discreto. O professor chegava em sala e todos se assentavam novamente.. O resto das aulas passavam como sempre, Carolyn pensando em um meio de umilhar Amanda ao mesmo tempo que se matava de raiva, eu conversava com Ken algumas vezes, e assim ia o dia nas aulas que passavam tão rápidas quanto uma lesma morta.

--------------------------------------------

Era o final da ultima aula, todos se retiravam da sala mas eu era o ultimo a sair, eu ia direto para saída da escola, pois ainda tinha que passar em casa depois disso ir para o trabalho, a manhã avia sido diferente, meu primeiro dia de aula e já tinha conhecido algumas pessoas que deviam ser do segundo ano por sinal, mas as mesma eram apenas amigos de carolyn, não tinha dana de mais neles além de todo dinheiro, as outras pessoas eram novatos como eu na mesma classe que a minha, eu levava cerca de 8 minutos ate chegar ao pátio que ligava ao portão da escola, estava tudo bem ate que algumas pessoas viam em minha direção vindas do portão, eu as ignoravam mas a medida que eu prosseguia as mesmas se aproximavam mais e mais tendo com sigo jaquetas da mesma cor e ambos segurando uma caixa em mão, ao reparar dava para ver que eram caixas de ovos.. eu não gostava nada da ideia de pessoas vindo em minha direção com caixas de ovos, me viro e sigo em direção a um dos prédios da escola mas de la também viam pessoas da mesma forma, com a jaquetas da mesma cor e com caixas de ovos em mãos, eu estava sem saída ate que um deles chegava a te mim e gritava.
-Agoraa!!-
Uma chuva de o vos vinha sobre mim, eu não tinha o que fazer apenas me abaixar para tentar me proteger mas eram muito ovos mesmo, parecia que estava no meio de uma guerra entre duas nações, onde o alvo era simplesmente “EU”. Aviam algumas pessoas espalhadas pelo local que so assistiam eu ser massacrado portanto ovo junto na minha vida, a galinha que botaras aqueles ovos devia de um “brioco” que foda pra produzir ovos tão fedidos como de gambas. Após alguns minutos o bombardeios sessava, os mesmo se aproximavam de mim e um deles dizia.
- Seja bem vindo.. novato pobretão- O mesmo dizia com um ar de sarcasmo e todos se retiravam, eles sumiam como fantasmas para não serem pego caso algum funcionário passasse por lá. Eu me levanta e as polcas pessoas que estavam ali ficavam rindo, ate que alguém chegava ate mim dizendo -Vem eu te levo ate as duchas-, eu não via quem era e nem queria saber, apenas queria tomar um banho e ir correndo para minha casa.. ao seguia o mesmo com a cabeça baixa para que ninguém visse minha cara de “cachorro molhado de ovos”, e quando me dava por mim já estava em uma das duchas perto de uma das quadras da escola, entrava no local das duchas que era tampada por uma espécie de vidro embaçado, tampando de meus joelhos ate meu pescoço, retiro minhas roupas as jogando ali mesmo no chão, ligo a ducha que fazia com que uma água fira cai-se em meu corpo mas começava a esquentar.
- Você também e novo aqui! Certo ?- disse o garoto que avia me ajudado
- Sim- Respondo –E você- me pergunto ao mesmo tempo que retirava o ovo de meus cabelos passando um sabonete que avia ali para disfarçar o cheiro do mesmo
-Sim- ele respondeu – sua mochila ficou digamos, fedendo como gaba, mas felizmente ela esta vazia!!- Afirmou o mesmo
- e que eu deixei tudo dentro do armário hoje mais cedo- respondo
- como você se chama- perguntou o garoto!!
-Mett- repondo me virando para o mesmo, que estava sentado em uma bancada a frente, o mesmo tinha cabelos castanhos escuros lisos mas um polco bagunçados, com uma pele não muito clara e olhos azuis, vestido com uma camiseta preta uma blusa de frio verde por cima, uma causa jeans preta e um tênis branco om detalhes verdes.
-E você?- pergunto percebendo que o mesmo me olhava com um olhar simples de surpresa.- oque foi ?-pergunto nova mente.
- e que, quando te vi hoje de manhã você não tinha essa franja tampando olho- disse o mesmo, eu coloco a mão sobre o olho direito e reparo que os cabelos realmente estavam o tampando.- Á e isso, e que eu coloco a franja atrás da orelha ai parece que ela nem esta ali mas quando molha ela aparece.
-a sim, bom suponho que queira que eu pegue suas roupas já que essa molhou e não tem outra aqui- ao escutar tal palavras eu coloco a mão na testa fechando os olhos com uma expressão de “ se mata retardado” para si mesmo, o garoto ria – oque aconteceu ?- perguntou – eu não trousse outras roupas- respondo abaixando a cabeça.
- eu tenho uma no armário, mas elas erma para Educação física então não são lá essas coisas- após dizer isso o mesmo retirava uma causa preta, uma camiseta branca, e uma cueca box preta de sua mochila, logo as pendurando no vidro.. fecho a ducha pegando uma toalha para me secar, sem seguia vestia a Box envergonhado em usar uma cueca de outra pessoa mas, eu não poderia ficar ali esperando minha roupas criarem vida e virem ate mim no colégio, então visto a causa em seguida a camiseta, me sento na bancada ao lado do mesmo enquanto colocava meu tênis perguntando. – quantas Horas ?- então o mesmo respondia- 12h:45-
Após escutar aquilo me apresso com os tênis e digo- eu toa atrasado, amanhã eu te devolvo a roupa, ou.. ou compro outra sei lá mas agora eu tenho eu ir valeu pela ajuda- após dizer tai palavras eu saia correndo do local, levava 2 minutos para chegar ate o portão onde eu virava a rua e seguia correndo dentre a cidade, tinha que fazer um percurso de uma hora em quinze minutos.


Foco Força é Fé


avatar
Kujo Minamoto
Administrador
Administrador

Mensagens : 556
Data de inscrição : 07/07/2012

TreineCard
Mochila Mochila:
Cash Cash: $ 510

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: -Capitulo's-

Mensagem por Kujo Minamoto em Ter Jun 04, 2013 6:05 pm

Capitulo 1: O inicio para perfeição. Parte 3: Perfeito

Estava em uma de minhas limusines junto a meu pai e minha mãe, sentada no lado direito do carro, com a cabeça escorada no vidro com o olhar fixado no tablet em minha mão, o transito estava parado então o carro ficava maior parte do tempo parada em meio a multidão de carros, era raro transito ficar assim na que lá parte da cidade que era bem movimentada mas não a posto de garrar o transito daquela forma, provavelmente aquela engarrafamento tenha sido provocado por algum acidente.
- Desta forma vai demorar um século para chegarmos ao colégio- disse a mãe da garota com um desanimo em sua fala.
- Se acalme querida- disse seu marido- Nos temos o dia todo- disse calmamente
-Você e muito calmo- respondeu a esposa
-Veja nossa filha, Haruka esta calma como sempre-
-Só esta calme porque esta com seu tablete- respondeu a mesma – imagino como ela estaria se estivessem sem ele- completou
- Estaria com meu celular com certeza- disse Haruka ainda fixa ao tablet com um pequeno sorriso no rosto.
- você tem resposta para tudo não e mesmo- disse a mãe em um ar de brincadeira passando a mão nos cabelos de sua filha.
-Tive a quem puxar sabia- respondeu a mesma entrando na brincadeira da mãe
-E eu sei disso- respondeu sua mãe. Após um tempo o transito voltava a fluir livremente, isso dava um alivio a mãe de Haruka que já estava se irritando ao perder tanto tempo no transito.. já estavam a alguns quarteirões do colégio, Haruka observava os prédios da mesma pelo teto conversível da limusine, estava tudo o correndo bem quando um barulho vinha da parte de frente do carro seguindo por uma parada brusca, e sons dos pinéus dando uma leve derrapada em mio ao chão molhado e o clima frio , o motorista descia desesperado do carro junto ao pai de Haruka que ia averiguar o que avia acontecido, eu descia do carro junto a minha mãe acompanhando meus pais, e ao chegar na parte da frente do carro eu via um garoto com uma causa preta, e uma camiseta branco caído no chão, tendo uma pele morena mas um polco mais clara que o normal e cabelos mais ou menos lisos, o motorista tentara ajudar mas o garoto se levantava de repente, parecia com pressa, apenas pedias desculpas e saia correndo, o motorista ainda o gritava para saber se estava bem mas ne nada adiantava, o garoto sumira completamente correndo entra as ruas.. eu a te achava engraçado mas minha mãe ficava tensa com aquilo –Deve ser um vândalo- disse a mesma surpresa com aquilo.

-----------------------------------------------

Uma e quinze da tarde e eu ali sentada em um restaurante na área da classe “B” da cidade, não era incomodo ficar ali mas, não conhecia ninguém e tinha marcado com usa certa pessoa chamada Matt que deveria estar ali a 15 minutos para trabalhar. Á lem de pobre era irresponsável no trabalho, o chefe do mesmo estava o esperando no balcão com uma cara não muito satisfeita no momento.
-Ele sempre se atrasa assim? - pergunto
- Não.. esta e a primeira vez- Respondeu o dono do estabelecimento.
-Ata-
-E você, o que quer com ele ?-
-Bom sou uma amiga vim apenas lhe perguntar algo- respondo
- Des de que não o atrapalhe no trabalho esta tudo bem- disse – e por falar nele olha ele ai- completou a frase
-Onde você estava ?- pergunto em um tom de voz irritado
-Carolyn ?- perguntou o mesmo
- Você esta bem atrasado.. desta vez eu deixo passar mas a próxima vai ser descontada do seu salario- disse o dono do estabelecimento saindo do local indo em direção a cozinha, Matt ia ate o banheiro onde trocara de roupas, ao voltar estava vestido com roupas de garçom, pegava um pano branco no balcão e o colocava sobre o braço direito que ficava posicionado junto a barriga do mesmo, com bloco de notas e uma caneta em mãos, em seguida ia perguntar o pedido de alguns clientes, eu ficava sentada perto do balcão só observando como um garoto de 15 anos já tinha que trabalhar para comer, ele realmente não era tão pobre mas o dinheiro que recebia de sua mão ficava por conta do aluguel, o colégio era pago por um amigo de seu pai e o dinheiro que ganhava como avia dito ficava por conta da comida... o mesmo se aproximava do balcão então –Quero um suco de laranja- eu disse, o garoto falava com o balconista que logo preparava o suco.
- O que você quer Carolyn- perguntou o garoto indo em direção a uma das mesas. Ao voltar eu respondia –quero saber como foi sua manhã no colégio- o balconista colocava um copo com o suco de laranja, enfeitado com um sobreiro sinhô preso a beirada do copo e um canudo, Matt se sentava em um dos bancos ficando de frente para mim
-A manhã foi ótima se retirar o final- disse Matt
-Por que, se retirar o final ?- pergunto
-Fui bombardeado por uma chuva de ovos, por um bando de imbecis de jaqueta vermelha e preta- respondeu Matt, dei uma pequena risada – então eles te pegaram-
-eles quem ?-
-Os vândalos do colégio , mas nãos e preocupa depois dessa ele vão demorar pra te perturbar de novo, bom só queria saber isso, e sábado você aparece lé na minha casa- disse assim me levantando e pegando minha bolsa
- Não sei não.. talvez eu vá mas, tá ok- disse Matt voltando ao trabalho.
Eu saia do estabelecimento, indo em direção ao estacionamento que ficava logo a esquerda do restaurante, estava a alguns metros da entrada do local quando um cara encapuzado usando uma jaqueta verde escura passava a meu lado correndo, agarrando minha bolsa quando estava perto, imediatamente eu corria atrás do mesmo que era bem rapidinho pro sinal, atravessando a avenida em meios ao carros com meu tamanquinho dificultando minha movimentação.. o homem se afastava cada vez mais então retirando um de meus tamancos e atirando contra o homem, o mesmo era atingido bem na cabeça, batendo a a cara em um poste de iluminação, em seguida caia no chão, eu me aproximava do mesmo correndo e pegava minha bolsa, as pessoas ao redor olhava e já aviam policiais chegando no local, Matt chegava correndo.
- Carolyn, o que ouve aqui ?-
-Nada não , deixa que eu me viro, agora volta pro trabalho –

-----------------------------------------------

Estávamos eu Hades e Thomás na beira da praia, Hades estava sentado na areia olhando o mar, eu e Tomas estávamos com roupas de mergulho ( sem os cilindros de ar), com nossas pranchas a nosso lado, aminha era zul com desenhos amarelos, a de Tomás era toda vermelha com as extremidade amarelas em desenho de chamas .
-Vocês vão mesmo nadar com esse tempo ?- perguntou hades
- Claro- respondi
-Vamos logo Ken, as ondes estão perfeitas, e ainda tenho que comprar um terno novo- disse Tomas
-OK-
Eu e thomás corríamos em direção a água que estava bem gerada, o vento batia forte oque criavas ondas um polco maiores do que o normal, deitava em minha prancha boiando na água, com os braços e pernas remava para dentre o mar, em um determinado ponto parava de remar e apenas esperava uma onda, Thomás já avia feito o mesmo... olhava para praia e via hades apenas observando , o resto da praia ate que estava vazia com uma ou outra pessoa passando pela areia
-Essa- escuto uma voz gritar, olho para tomas que já estava se preparando para pega-la, me viro de cota para a aonde, remando para acompanha-la enquanto se formava, e quando percebia a mesma já estava formada, logo fico de pé na mesma indo na direção oposta da qual Thomás estava indo, a onda atrás de mim se quebrava, me envolvendo em um tune-o de água, e após algum segundo a onde se quebrava, eu inclinava afrente da prancha para cima logo após voltando ao curso normal já fora do que restara da onda..(..)
Chegava a minha casa, que peculiar mente era uma mansão, logo ao entrar ia em direção a meu quarto ate que uma voz dizia
-Boa tarde filho –
paro em meio a sala me viro para o homem que estava ali de pé.- oi pai- após dizer tai palavras continuo meu caminho ate meu quarto -tem um carta para você na sua cama- já subindo as escadas repondo -OK-, ao chegar a meu quarto avia um envelope branco com detalhes dourados em suas extremidades e no selo que o mantia fechado, eu apenas abria o envelope retirando a carta que escrita a preto dizia “O que e a Perfeição para você ?”, achava quilo meio estranho mas deixava delas colocando-a encima de minha escrivaninha e ia tomar um banho.



Nota: Bom o epi fico ruim, porque esse epi eu tava meio sem inspiração mas no próximo eu faço um bem melhor


Foco Força é Fé


avatar
Kujo Minamoto
Administrador
Administrador

Mensagens : 556
Data de inscrição : 07/07/2012

TreineCard
Mochila Mochila:
Cash Cash: $ 510

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: -Capitulo's-

Mensagem por Kujo Minamoto em Sex Jun 14, 2013 8:37 pm

Capitulo 2: Carta da perfeição !!
 
Segundo dia de aula,  o transito não estava nada bom, devia ser algumas obra na via principal que logo a deixara mais lenta que uma lesma com anemia, dentro do novo uno de meu pai dirigindo-o já que tinha tirado o dia de folga, resolvera me levar para o colégio, o que era uma coisa um pouco constrangedora  para um garoto da minha idade, estou sentado no banco de passageiro, com fones de ouvidos escutando alguma musica da banda Tokio Hotel que não em vinha a mente o nome no momento , ficava meia hora preso naquele transito infernal com pessoas buzinando a todo momento, como se buzinar fosse fazer com que as obras desapareçam do caminho, felizmente chegara ao colégio ainda a tempo, faltavam oito minutos para o inicio das aulas, descia do carro com minha mochila nas constas, usando uma blusa polo listrada das cores azul marinho e branco, uma causa jeans e um tênis da adidas branco, fechava a posta do carro dando adeus a meu pai que logo dava partida no carro, sumindo do meu campo de visão, adentrava por um dos portões da escola passando ao lado do gramado quando uma voz feminina bastante familiar me chamara.
 
-ken.- olhava em direção ao gramado e via uma garota de pele branca como a neve, cabelos negros e cacheados usando uma causa jeans e uma camiseta branca com bordados prata formando varias borboleta pela mesma, seus sapatos era de alguma marca feminina que eu não fazia ideia do nome, a  garota me abraçara depositando um beijo em minha bochecha esquerda, eu retribuía com um beijo em sua bochecha direita e com um abraço, embora que retribuir com algo maior que um simples beijo na bochecha mas tive de ignorar quando uma garota usando uma causa jeans preta com uma camiseta azul e um salto não muito alto se aproximara  de nos ,ela era um polco baixinha em relação a mim, a garota que me abrasara se afastava de mim.
 
-Essa que e a Haruka, uma amiga minha que veio estudar no colégio esse ano.
-Ou prazer- disse a garota estendendo a  mão para mim em forma de um comprimento, eu retribuía fazendo o mesmo – O prazer e meu-, disse logo apos Alex me nos puxava pelo gramado indo em direção de um grupo de pessoas que estavam sentados no mesmo em formando um circulo.
 
-Vem, ainda quero terminar de escutar a história do Thomás sobre aquela tal “carta da perfeição”- disse a mesma dando ênfase em “carta da perfeição”, eu ficara curioso, cera que seria a mesma que chegara para mim ? bom o único modo de descobrir seria perguntando diretamente para ele... sentei-me no gramado com Alex do meu lado direito e Haruka a minha esquerda, Thomás estava com uma garota morena de cabelos lisos a seu lado, estando bem próximos, ao lado estava hades e Carolyn junto a um garoto do qual eu avia visto ontem antes das aulas, todos me cumprimentavam e assim seguia a conversa.
 
-Thomás continua falando sobre como era a sua carta- disse Alex um polco animada com a história.
-Já disse que não tinha nada demais apenas aquela pergunta idiota.
-Por um acaso a tal pergunta era essa aqui- disse tirando um envelope com a carta que recebera ontem, em seguida entregando a Thomás que ficava um polco surpreso – E exatamente igual.. quando a recebeu ?- completou o mesmo.
 
-Ontem anoite, meu pai dissera que chegou as 19:00 na minha casa.
- Que estranho, os dois erem recebido a carta. Disse o garoto aou lado de Carolyn , se não me engano seu nome era Matt ou algo assim
- estranho mesmo- disse Alex,- Thomás a recebeu 19:31 que e exatamente o tempo que leva para ir da sua casa para a dele.
-Vish, tem coisa errada ai- disse haruka
- Não sei não, acho que e só uma brincadeira idiota de algum imbecil- Disse hades -Pode ser qualquer pessoa fazendo uma brincadeira- completou.
- realmente pode ser apenas uma brincadeira- Disse a garota ao lado de thomás, poucos minutos depois o sinal tocaram anunciando o inicio da aula.
 
 
 
Estava no primeiro prédio do colégio, seguindo para a sala de química, ao entrar quase todos já estavam na sala, o professor ainda não avirá chegado, me surpreendo um polco ao ver o mesmo garoto do dia anterior na sala, eu me sentava perto do mesmo e conversávamos enquanto o professor não chegara.
 
-OI.
-OI Matt- respondeu o garoto
-Você sail desesperado ontem- disse o mesmo
-E que me atrasei para o trabalho- respondi
-Trabalho ? mas pra que você trabalha ?
-Bom ao contrario de todos nessa escola, eu não sou rico e tenho que trabalhar pra poder sobreviver.. mas prefiro não entrar em detalhes.
- Esqueci que você não e rico.
- Bem que eu gostaria- ele deu uma risada logo perguntando -Teve um bom dia de trabalho ontem ?
-Fui atropelado ao sair da escola, levei uma brinca do meu chefe e vi uma amiga atirar um tamanco em um ladro que tentara rouba-la... fora isso o dia foi perfeito.
- eu VI isso no jornal, pelo jeito o salto dela quase furou o crânio do ladrão. Nos rimos – mas sobre ser atropelado e cério ?- completou o mesmo
-Sim, mas felizmente não me machuquei- menti pois estava com uma dor insuportável nas costelas, mas não queria demonstrar isso a ninguém, além do mais se fizesse isso, com certeza os retardados que me atiraram ovos iriam voltar para me perturbar já que um deles estava na sala.
-E por falar nisso você não em disse seu nome ontem-
-Lucas, e por falar nisso, você ficou com minhas roupas ontem-
-Foi mal, e que eu coloquei para lavar depois do trabalho mas não secaram a temp..- fui interrompido por uma forte em minhas costelas, mas era apenas uma fincada que logo passara.
-Esta tudo bem ?
-Sim, não foi nada !
O professor chegara na classe, e logo a aula começava, o dia estava agradável, o céu estava azul com varias nuvens brancas pairando lentamente sobre o mesmo, as três primeiras aulas passavam rapidamente ate que chegara o intervalo, o sinal mal batia anunciando o mesmo e uma garota branca de cabelo loiros estava na porta a minha espera , eu saia da sala junto a lucas quando a mesma me parava.
 
-Matt, você vai na festa sábado né ?!- disse carolyn, virei so olhos em uma expressão de tedio e confirmei com a cabeça, logo a mesma olhava para lucas como quem estava devorando algo com os olhos.- Não vai me apresentar ao seu amigo não- disse a mesma mordendo os lábios inferiores ao mesmo tempo que olhava para lucas.
 
-A este e Luca, Lucas esta e Carolyn-
- OI- disse Lucas.
-Hum.. ate que você e bem gostosinho, Te aceito como amigo, mas se quiser brincar e so me ligar ok- Disse carolyn com uma voz sexy no intuito de provocar lucas que ficava meio desconfortável e nervoso com a situação.
- Você escolhe seus amigos pela aparência, isso e muito superficial- respondeu lucas
-Superficial demais ate  pra você carol- disse eu
- Que nada, eu so gosto de brincar um polco- respondeu a mesma  
- Não vó nem perguntar se e por isso que você fez amizade comigo.. acho que não vou gostar da resposta- respondi
-então não pergunte- disse a mesma – sábado de manhã agente combina onde se encontra pra festa, e leva seu amiguinho também, achei ele bem interessante- completou a mesma, dando as costas para nos e saindo do local.
- E lá e sempre assim atirada ?
- A dependendo da ocasião sim.
- Me lembra de correr quando ela aparecer de novo.
- nem precisava ped..- fui interrompido novamente pela dor nas costelas que desta vez eram piores e não se sevam, eu colocava a mão na costela direita escorando na parede, Luca tentara me ajudar, mas apenas fazia com que doesse mais, a dor não passava e lucas falava algo que nem eu sei o que era, carolyn voltava ate nos olhando para mim ao mesmo tempo que pegava o celular e ligara para alguém... quando me dava conta já estava sentado na mesa de um consultório particular enfaixando minhas costas, com carolyn falando em minha cabeça igual a uma maritaca, Lucas estava sentado em uma cadeira rindo de minha cara de felicidade em relação a carolyn.
-Você tá doido ?, eu falei para ir ao medico ontem- falou a garota em um tom de voz alto.- com que tempo, eu estava trabalhando a tarde toda- respondi.
 
-Pedisse para sair mais cedo.
-Eu já cheguei atrasado se saísse mais cedo eu perderia o emprego.
- fosse anoite-
- Mas..- eu mesmo interrompia minha fala, pois não avia pensado em ir ao hospital anoite, na verdade isso estava longe de passar em minha mente.
-Vil seu idiota, da próxima eu quebro sua perna e furo seu crânio com o tamanco- gritou a mesma
- Da mesma forma que fez com o ladrão?- Brinquei- Vo fazer pior- respondeu a mesma irritada a gritando novamente.
- não precisa gritar.- e assim foi desde o hospital ate o caminho de meu apartamento, mas quando finalmente chegava aliviado ao mesmo crente de que teria paz, dou de cara com minha irmã e seu filho no meu aparta mente que era pequeno ate para mim.
-Oi matt- disse a morena de cabelos lisos e olhos castanhos, ao mesmo tempo que me abraçava.
-OI Lu- respondi.
- Tiooooooooo- gritou a criança fofa ao vir correndo ate mim me abraçando.
- O que tá fazendo aqui ?-
-Vim passa dois meses com você- respondeu a mesma- e chegou essa carta pra você hoje.- completou a mesma, me entregando-a
 

Abria o envelope que era idêntico ao que Ken avia mostrado hoje e nele estava escrito “O que e a Perfeição para você ?”, fechava o mesmo o jogando em cima da cama que por acaso era a sala de estar. 


nota: Desculpa pela demora para postar o epi mas eu demorei por uma boa causa preguiça,  espero que tenham gostado e  certamente tem erros de português por que eu não reviso os capítulos


Foco Força é Fé


avatar
Kujo Minamoto
Administrador
Administrador

Mensagens : 556
Data de inscrição : 07/07/2012

TreineCard
Mochila Mochila:
Cash Cash: $ 510

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: -Capitulo's-

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum